Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

25 de setembro de 2017

Ministério da Cultura lança editais de incentivo à leitura

Portal Brasil - 19/03/14

O Ministério da Cultura, através da Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) e da Secretaria do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), lança editais para apoiar iniciativas de fomento à leitura e à produção literária. O investimento total é de R$6,6 milhões, valor que será dividido em 4 eixos de ação:

1 - Prêmio boas práticas e inovação em bibliotecas públicas

Objetivos: Premiar e fomentar iniciativas reconhecidas como boas práticas, ou inovadoras, que vêm sendo aplicados em bibliotecas públicas e são voltadas para a qualificação dos serviços oferecidos e a sustentabilidade desses equipamentos culturais, bem como para difusão e compartilhamento das metodologias e das iniciativas premiadas no SNBP – Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas. O Investimento é de R$ 1,7 milhão para premiar 52 projetos com R$ 32 mil.

2) Prêmio leitura para todos: projetos sociais de leitura

Objetivo: Reconhecer e fomentar iniciativas da sociedade civil que realizam projetos sociais de fomento à leitura em espaços e contextos diversos, cujo histórico de atuação demonstrem resultados efetivos na formação de leitores, na inclusão social e construção da cidadania por meio do livro e da leitura. O Investimento é de R$ 1,5 milhão para premiar 30 projetos de R$ 50 mil

3) Bolsas de fomento à literatura

Objetivo: Promover e fomentar a literatura brasileira, por meio de concessão de bolsas de apoio ao desenvolvimento de projetos voltados para a criação, a produção, a difusão, a formação e a pesquisa literária. Investimento é de R$ 1,9 milhão para 100 bolsas.

4) Circuito nacional de feiras de livros e eventos literários

Objetivo: Apoiar a realização de feiras de livros e de eventos literários existentes no País voltados para o fomento da economia do livro, a promoção da leitura e difusão da literatura no âmbito do Calendário Nacional de Feiras de Livros e Eventos Literários. Investimento: R$ 1,5 milhão para apoiar até 15 projetos

De acordo com a ministra da Cultura, Marta Suplicy, "as ações destes editais, no geral, seguem a estratégia de fomentarem iniciativas já existentes e bem sucedidas e, com isso, ampliá-las. Os editais estimulam as duas pontas da cadeia produtiva do livro: formam público e apoiam escritores. Com isso, desenvolvem todo o setor."

Os objetivos dos editais têm relação direta com a metas do Plano Nacional de Cultura, entre elas a meta 20, que se refere ao aumento do número de livros lidos anualmente por uma pessoa, para além dos que lê no aprendizado formal; a 29, que determina 100% de bibliotecas públicas, museus, cinemas, teatros, arquivos públicos e centros culturais atendendo aos requisitos legais de acessibilidade e desenvolvendo ações de promoção da fruição cultural por parte das pessoas com deficiência; também, a meta 34, que estabelece 50% de bibliotecas públicas e museus modernizados.

A ministra ainda mencionou o impacto que o Vale-Cultura pode ter para o crescimento do número de livros consumidos pelos brasileiros. De acordo com estimativas da Câmara Brasileira do Livro, quando o benefício chegar a 1 milhão de trabalhadores, se cada um comprar um livro por mês, o mercado editorial deve crescer até 5%, em comparação aos dias atuais.

Mais Quem financia projetos

Todas as notícias sobre "Quem financia projetos"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

576.720.000

Livros lidos em 267 dias de 2017 no país