Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

21 de novembro de 2017

MinC lança editais de incentivo à leitura

Alagoas 24 Horas - 20/03/14

Na tarde do dia 18 de março, a sede da Funarte, em São Paulo, foi palco para a assinatura de quatro editais para incentivo à leitura que vão permitir o investimento de até R$ 6,5 milhões em projetos sociais de leitura; de inovações em bibliotecas públicas; de fomento à literatura e no circuito nacional de feiras de livros e eventos literários. O evento, que contou com a presença da ministra da Cultura, Marta Suplicy, reuniu agentes de leituras, escritores, bibliotecários e ativistas do fomento à leitura. Fabiano dos Santos Piúba, diretor de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, foi buscar em Monteiro Lobato as justificativas dos editais: “parafraseando Monteiro Lobato, um país se faz com homens, livros, leitores, bibliotecas... E com a assinatura desses editais, damos um passo adiante na construção de uma nação de leitores”.

Já a ministra defendeu que os editais fazem parte de um rol de ações que têm como objetivo ampliar e fomentar a leitura no País. “Estamos trabalhando, desde o ano passado, na consolidação de uma política pública de incentivo à leitura. A meta estabelecida para 2014 é enviar e aprovar no congresso o projeto de lei do PNLL – Plano Nacional do Livro e da Leitura”, contou durante o seu discurso. Se aprovada, a lei do PNLL vai permitir que iniciativas de fomento à leitura sejam permanentes.

O secretário-executivo do PNLL, José Castilho Marques falou que os editais são uma forma de reconhecimento a pessoas que trabalham pela leitura já há muitos anos. “Junto com essas pessoas fizemos o PNLL e agora, com a retomada desses editais, esperamos democratizar o acesso ao livro e à leitura em quatro eixos que precisam caminhar juntos e juntos caminharão: democratização do acesso, fomento à leitura e à formação de mediadores, valorização do livro e comunicação e desenvolvimento da economia do ivro”, defendeu.

Editais

A assinatura de ontem liberou recursos para quatro editais: Prêmio boas práticas e inovação em bibliotecas públicas, com R$ 1,7 milhão que poderão ser distribuídos para 52 projetos; Prêmio leitura para todos: projetos sociais de leitura, com R$ 1,5 milhão para até 30 projetos; Bolsas de fomento à literatura no valor total de R$ 1,9 milhão para até 100 bolsas e Circuito nacional de feiras de livros e eventos literários para o qual foram destinados R$ 1,5 milhão para até 15 projetos.

O prazo para se candidatar aos editais termina no dia 2 de maio e para ler a íntegra de cada um deles, clique aqui.

Mais Quem financia projetos

Todas as notícias sobre "Quem financia projetos"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

699.840.000

Livros lidos em 324 dias de 2017 no país