Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

18 de dezembro de 2017

No Japão, vendas de eBooks crescem 13,2% em 2016

Leonardo Neto - Publishnews - 15/03/2017

O Japão é o sexto (e último) país radiografado pela série PubMagNet, idealizada depois da participação do PublishNews na última reunião da rede de jornalistas e observadores do mercado editorial realizada em Paris em fevereiro. Segundo dados do Laboratório de Pesquisas da Ciência Editorial apurados pelos parceiros do BunkaNews, no País do Sol Nascente, o mercado editorial (incluindo nesta conta livros e revistas) apurou 1.47 trilhões de ienes (algo em torno de US$ 13 bilhões), o que representa uma queda de 3,4% na comparação com o ano anterior.
As vendas de livros caíram bem menos – 0,7% – e ficaram em 737 bilhões de ienes (cerca de US$ 6,4 bi).
O mais interessante é que, pela primeira vez em 41 anos, as vendas de revistas no Japão ficaram abaixo das vendas de livros, pois alcançaram apenas 734 billhões de ienes.
O mercado de livros digitais, no entanto, cresceu 13,2% também na comparação com 2015. Foram vendidos 25,8 bilhões (US$ 22 milhões) de ienes em livros eletrônicos.
Entre os destaques do mercado japonês em 2016 estão: a falência da Taiyo-Sya, que era a quinta maior distribuidora de livros e revistas do país; a progressiva mudança do mangá de papel para o mangá eletrônico; a expansão do mercado de leitura digital de revistas e o início das transações diretas entre a Kinokuniya Shoten, a mais famosa livraria do país, com os seus fornecedores.

Mais Leitura digital

Todas as notícias sobre "Leitura digital"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

758.160.000

Livros lidos em 351 dias de 2017 no país