Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

19 de outubro de 2017

Jornalista de Ribeirão conta histórias de vidas transformadas pela leitura

Lucas Mercês - www.jornalismounaerp.com.br

Como transformar a vida de uma pessoa? Essa pergunta parece ser complexa, mas o jornalista e escritor Galeno Amorim achou a resposta em algo antigo e simples: os livros. Na 17ª edição da Feira do Livro, ele apresentou sua nova obra lançada, apenas na plataforma digital.

Galeno é escritor e jornalista, já trabalhou na Rede Globo, no Estado de S. Paulo e no Jornal da Tarde, entre outros. Na tarde de terça-feira (6), ele palestrou sobre seu 18º livro, “Histórias de Gente Que Lê”. A obra é diferente das demais, pois conta 37 relatos de pessoas que tiveram suas vidas transformadas por conta dos livros e da leitura.

“Eu sempre coletei essas histórias, tenho um trabalho de divulgação de tentar mostrar que os livros têm um papel transformador na vida das pessoas”, diz Galeno.

Apesar de inúmeras pessoas falarem que é mais importante ler sobre política ou assuntos atuais, não existe um tipo de livro exato para mudar a sua vida, o importante é dar o pontapé inicial, e deixar a leitura levá-lo para outro mundo e transformar sua história. Quando perguntado sobre que tipo de livro tem esse poder , Galeno afirma que “qualquer livro, desde que atenda e faça parte daquele momento histórico que a pessoa está vivenciando”.

O Brasil não é um país onde as pessoas leem tanto assim, o incentivo também não é muito grande, porém, talvez o maior estímulo seja o famoso “boca a boca”. Segundo Galeno 45% de todos os livros lidos no Brasil são lidos por que alguém deu dica.

Se você gosta de ler ou quer começar agora a ter a sua vida transformada por conta da leitura, “Histórias de Gente Que Lê” pode ser achado em grandes livrarias online. Vale lembrar que o livro foi lançado apenas no formato ebook.

Mais Histórias de gente que lê

Todas as notícias sobre "Histórias de gente que lê"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

628.560.000

Livros lidos em 291 dias de 2017 no país