Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

19 de setembro de 2017

Vencedora do Nobel da Paz, Malala é aprovada na Universidade de Oxford

Galileu - 18/08/2017

A paquistanesa Malala Yousafzai foi aceita pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, e irá estudar filosofia, política e economia. “Estou muito feliz de ir para Oxford!”, tuitoua jovem juntamente com uma foto da mensagem que confirmava sua aprovação.

Malala ficou famosa após levar um tiro de um talibã quando tentava ir para escola no vale de Swat, Paquistão. Depois disso a garota fugiu para o Reino Unido, onde foi operada e pôde escrever um livro no qual revela a realidade da vida no país.

Em 2014, aos 17 anos, Malala se tornou a mais jovem ganhadora do Prêmio Nobel da Paz por defender o direito à educação e a equidade entre garotas e garotos. No seu discurso de aceitação do prêmio, disse: “Se você quiser ver seu futuro brilhar, você deve começar a trabalhar agora e não esperar por mais ninguém”.

Apesar de ficar muito feliz por ter sido aceita na instituição de renome, a jovem lembrou em seu blog de todas as garotas que não poderão completar o ensino básico: “Eu prometo continuar lutando até o dia em que toda menina puder vestir seu uniforme, arrumar seus livros e caminhar para a escola sem medo”.

Segundo o The New York Times, Ayesha Marri, ex-aluna paquistanesa da Universidade de Oxford, a aceitação de Malala trouxe esperança e encorajamento para jovens de todo o seu país. “Isso mostra quais resultados você pode obter de uma boa educação e que as mulheres são capazes de muito mais do que ajudar a família ou se juntar à força de trabalho”, disse Marri.

Mais Destaques

Todas as notícias sobre "Destaques"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

563.760.000

Livros lidos em 261 dias de 2017 no país