Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

21 de setembro de 2018

Livraria self-service

Publishnews - 11/01/2018

Há três semanas, o Shopping da Moda Verão, de Guaratuba, cidade do litoral paranaense, ganhou uma livraria no mínimo curiosa.

É que a TopLivros, distribuidora conhecida por oferecer livros a “preços acessíveis a todas as camadas sociais”, abriu um espaço no centro comercial para vender livros, mas sem vendedores ou seguranças.

Funciona assim: o cliente escolhe os livros (todos vendidos ao preço fixo de dois por R$ 10) de sua preferência, deposita o valor numa caixa, pega a sua própria sacola, embala os produtos e vai embora.

Na loja há ainda um banner informando que, diariamente, um funcionário recolhe os valores e emite nota fiscal baseado na féria do dia e que o cliente que desejar a sua nota fiscal pode enviar um e-mail ou uma mensagem via WhatsApp.

Marcelo Gonzaga, diretor da empresa, disse ao PublishNews que nessas três semanas, detectou “apenas” 15% de perdas. A loja, de 25 m², abriga um acervo de mil títulos.

Mais Boas ideias

Todas as notícias sobre "Boas ideias"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

568.080.000

Livros lidos em 263 dias de 2018 no país

Publicidade