Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

21 de julho de 2018

Biblioteca realiza o Mês do Quadrinho Nacional em Campinas (SP)

A 5 edição do Dia do Quadrinho Nacional realizada pela Biblioteca Zink, tem como objetivo incentivar a cultura da leitura e, homenagear a obra de artistas, roteiristas, editoras e insiders. Oficialmente, dia 30 de janeiro se comemora o evento em todo território nacional. mas a programação da biblioteca vai de 30 de janeiro a 28 de fevereiro. Confiram a programação completa:

Revoada de Quadrinhos Hqs Nacionais sairão em busca de leitores em espaços públicos como terminais e pontos de ônibus, praças públicas. Quem encontrar poderá usufruir da leitura e passar pra frente. As Hqs foram doadas Maria Rita de Almeida (artista plástica) e Franco de Rosa, (editor e quadrinista) e por Gisela Pizzatto quadrinista de Campinas. Quando: de 30 de janeiro a 28 de fevereiro 2018

Promoção de HQs em livrarias e lojas especializadas da cidade: Quadrinho Nacional ganha destaque na vitrine e desconto na livraria Pergaminho (loja 1: R Bernardino de Campos, 1049 – Centro) Destacam o Quadrinho Nacional: Garagem Comics (R. Sacramento, 160 Centro), Attack Comic Shop (r. Dr.Quirino, 1516 Centro) Quando: 30 de janeiro a 3 de fevereiro.

Feira de HQs Presença confirmadas: Laudo Ferreira, Gilmar Machado, Ruis Vargas, Gisela Pizzatto, Bruno Bull, Marcel Bartholo, Dadí, Rafael Marçal, Will, Eric Peleias, Digo Freitas, Aline Zouvi, Marcatti, Mario Cau, Caio Yo, Gustaco NS, Gabriela Pendezza, Chairim Arrais, Diego Augusto, Bruno Borovac, Sinnöve Dahlström Hilkner, Fabio Mikk, Alexandre Dal Gallo,Eder e Lua Mondanez, Marcos Choba,Ana Lí, Quando:03 de fevereiro, sábado, das 11h às 20 h Onde: Biblioteca Pública Municipal "Professor Ernesto Manoel Zink" Av. Benjamin Constant, 1633 Centro Campinas

Exposições: Os Quadrinhos e As Artes Gráficas de Campinas numa Perspectiva Histórica, uma exposição cronológica, das artes gráficas e os quadrinhos na cidade de Campinas. Sob a curadoria de João Antonio Büher, o trabalho visa mapear ou fazer um primeiro recenseamento destas artes em nossa cidade. Esta linha do tempo vai do final do século XIX até os nossos dias. Estarão expostas capas de revistas, gibis, ilustrações de jornais, capas de livros e cartazes, a fim de mostrar um pouco da produção gráfica na cidade. Nela os visitantes poderão ver uma linha cronológica do tempo, painéis com reproduções de obras e originais impressos. A linha do tempo presente nesta exposição é um primeiro estudo para o que seria uma cronologia da história das Histórias em Quadrinhos e das artes gráficas na Região Metropolitana de Campinas. O que é uma obra gráfica feita em Campinas ? Os critérios foram muitos para se estabelecer se é uma obra campineira, muitos até contraditórios. Ou pelo autor ser da cidade, atuar na cidade, morar por algum tempo em Campinas ou ser publicado por alguma editora da cidade. Nesta cronologia também registramos o assunto Histórias em Quadrinhos, de uma maneira geral, e não apenas por ser campineiro ou não. Não se trata de uma história gráfica provinciana, mas uma tentativa de compreender como os quadrinhos e as artes gráficas interagiram através do tempo com a nossa cidade. Contato para informações a exposição: jabuhrer.almeida@gmail.com e (19)2139-7403.

?A Exposição colaborativa, Re-pensando, sob a curadoria de Débora Garcia e Rafael Ghiraldelli, é composta de perspectivas múltiplas de criação, (re)design e/ou representação de personagens mulheres não-estereotipadas - tanto autorais como adaptadas de histórias em quadrinhos, filmes, literatura, entre outras linguagens de expressão. Visitação: até 28 de fevereiro, de 2a a 6a feira, das 9 às 17 horas. Onde: Biblioteca Pública Municipal "Professor Ernesto Manoel Zink" Av. Benjamin Constant, 1633 Centro Campinas

Rodas de conversas durante a Feira de HQs: 15:30 – Representatividade feminina nos quadrinhos com Débora Garcia e Rafael Ghiraldelli; 16:30 - “Criando uma HQ: Baba Ganush” com Caio Yo ; 17:30 - "Qual é o seu monstro? A construção do medo em Monstruário" com Lucas Oda, Danilo Freitas, Maria Paula Ferraz Dias e Mario Cau, a mediação é do jornalista Delfin Onde: Biblioteca Pública Municipal "Professor Ernesto Manoel Zink" Avenida Benjamin Constant, 1633 Centro Campinas.

Mais Boas ideias

Todas as notícias sobre "Boas ideias"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

434.160.000

Livros lidos em 201 dias de 2018 no país

Publicidade