Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

21 de julho de 2018

‘Brasil tem coisas boas’, diz professor escolhido entre os 10 melhores educadores do mundo

G1 - 20/02/2018

Um mês antes de viajar a Dubai, o professor de São José do Rio Preto (SP) escolhido entre os 10 melhores educadores do mundo se prepara para palestrar sobre a Educação no Brasil no ano de 2030.

Ele foi um dos três profissionais selecionados para se apresentar antes da premiação do Global Teacher Prize.

“Tenho a missão de representar o país e a expectativa é grande. Estou me preparando para mostrar que o Brasil, apesar das dificuldades, tem coisas boas e que a educação transforma vidas”, afirma o professor da escola Darcy Ribeiro, Diego Mahfouz Faria Lima.

O profissional conta que não esperava estar entre os finalistas do prêmio, já que mais de 170 países participam com quase 40 mil professores inscritos.

Para receber o destaque, Diego teve de mudar a escola e ouvir os alunos. “A escola era totalmente sem identidade. A comunidade não se sentia pertencente a ela, já que o alto índice de evasão escolar e violência eram constantes. A comunidade interna e externa não acreditava que era possível mudar a escola.”

Com o objetivo de reverter a situação, o professor foi, literalmente, de porta em porta nas casas do bairro para se apresentar como novo diretor e entender qual a expectativa das famílias do Jardim Santo Antônio em relação à escola, quais as dificuldades do ano anterior e os sonhos relacionados à unidade de ensino.

“A partir daí ficou visível que, para os moradores, a escola estava distanciada da comunidade do bairro. Os pais tinham receio de matricular os filhos”, lamenta.

Diego aponta quatro pontos essenciais para a mudança da escola de Rio Preto, que são dar voz aos alunos; levar a comunidade para a escola; espalhar a questão do diálogo e saber ouvir.

Um exemplo é o pátio da escola, lugar que era considerado um ponto de tráfico e consumo de drogas. Agora, é usado para roda de leituras e conversas.

O diretor já conquistou um prêmio nacional de destaque: em 2015 ele foi vencedor da 18ª edição do Prêmio Educador Nota 10.

Em 2014, o índice de evasão era alto e pelo menos 200 alunos não iam às aulas. Atualmente, o número chegou a zero.

Veja reportagem com entrevista com o professor neste link.

Mais Destaques

Todas as notícias sobre "Destaques"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

434.160.000

Livros lidos em 201 dias de 2018 no país

Publicidade