Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

23 de setembro de 2018

Oficina de Poesia, Psicanálise e Imaginário

Um encontro entre a poesia da escritora Roseana Murray, os contos de Clarice Lispector e a psicanálise de William Amorim (autor de livros premiados e, entre outros, supervisor clínico-institucional, pelo Ministério da Saúde, de Centros de Atenção Psicossociais adulto e infanto-juvenil) está marcado para o próximo dia 7/4, sábado, das 9h30 às 13h30, no Instituto Estação das Letras, no Rio de Janeiro, durante a Oficina Identidades: atelier poético e psicanalítico.

Com textos e depoimentos orais e escritos, Roseana e William percorrerão o nascimento, a infância, a adolescência, a descoberta do amor e do outro, até o momento atual. Vida e Morte. Um mergulho nas identidades, nos desejos e nas memórias de cada um, com o objetivo de sensibilizar e entrar em camadas profundas do ser, razão pela qual, segundo Roseana Murray, a literatura pode caminhar junto à psicanálise.“Num tempo que é tão veloz, onde tudo é tão descartável, precisamos parar e fazer essa conexão com nossa vida e acervo de memórias”, acredita Roseana, cujas poesias, junto aos textos de Clarice Lispector e as falas de William Amorim têm a escrita e a literatura como matérias-primas. Para os professores, essa oficina dá conta de uma parte dos desejos humanos, ao mesmo tempo em que aguça a humanidade num processo contínuo de descobertas.


William diz que poesia e psicanálise brotam do mesmo solo, a palavra. “O poeta e o analista vão no primitivo da palavra”.
O primeiro limpa as palavras dos sentidos que acabam ganhando durante a vida. E o analista possibilita ao sujeito, também, voltar no primitivo dos seus significantes, uma vez que nos alienamos nos sentidos do outro. Na análise, temos uma limpeza desses significantes do outro pra se aproximar mais de nós mesmos. O poeta faz algo que a gente leva um tempo para conseguir, compara.





Quem é Roseana Murray?

Autora de livros de poesia e contos para crianças, jovens e adultos. Graduada em Língua e Literatura francesa pela Universidade de Nancy através da Aliança Francesa, recebeu ao longo de sua carreira os Prêmios: A.P.C.A, O Melhor de Poesia da F.N.L.I.J (por quatro vezes) , Prêmio A.B.L para livro infantil, além de iversas vezes a láurea “Altamente Recomendável da F.N.L.I.J. Faz parte da Lista de Honra do Organismo Internacional I.B.B.Y que abriga os melhores autores de literatura infantojuvenil do mundo. Trabalha com o Projeto de Leitura Café, Pão e Texto, recebendo Escolas Públicas em sua casa para um café da manhã literário. Faz palestras sobre a Formação do Leitor e oficinas.Tem cerca de cem livros publicados.


Quem é William Amorim?

Escritor, membro da Academia Itapecuruense de Ciências, Letras e Artes (AICLA). É professor e especialista em Saúde Mental. Psicanalista Associado e Diretor do Corpo Freudiano da Escola de Psicanálise Seção São Luís. Fundador e presidente do CIAMM – Centro da Infância e Adolescência Maud Mannoni. Desenvolveu estudos de formação e estágios em instituições nacionais e internacionais de referência no tratamento de crianças, adolescentes e jovens autistas e psicóticos: Centre d'Études et Recherches Pédagogiques et Psychanalitiques L'École Expérimentale Bonneuil sua Marne - Paris/França ( Centro de Estudos e Pesquisas Pedagógicas e Psicanalíticas Escola Experimental Bonneuil-sur-Marne); L'Institut Médico Pédagogique Notre Dame de la Sagesse Le Courtil - Bélgica - (Instituto Médico-Pedagógico Nossa Senhora da Sabedoria Le Courtil), Coordenador regional e pesquisador do Programa de Estudos e Pesquisas em Autismo - PreAut Brasil – do Insituto PRÉAUT/França; Coordenador do Projeto Travessia para a Inclusão Escolar de Crianças e Adolescentes Autistas e Psicóticos; Consultor na área de Educação Inclusiva de crianças, adolescentes e jovens autistas e psicóticos, Supervisor clínico-institucional, pelo Ministério da Saúde, de Centros de Atenção Psicossociais (CAPS) adulto e infanto-juvenil; Membro-pesquisador do GPLINCE: grupo de pesquisa em Linguagem, Cultura e Ensino; autor do livro premiado "O amor em uma aprendizagem ou o livro dos prazeres: uma abordagem psicanalitica"(SECMA), Coautor dos livros "Internautas:os chips reinventando o nosso dia a dia (Sao Paulo: Ed. Melhoramentos, 2011), "Clínica e estrutura". Rio de Janeiro: Contracapa, 2014. Áreas de estudo/pesquisa: psicanálise e literatura; psicanálise e linguagem; psicanálise e educação inclusiva.



Para saber mais :

Instituto Estação das Letras

Rua Marquês de Abrantes, 177, Flamengo.

Flamengo – Rio de Janeiro

Email: estacaodasletras@estacaodasletras.com.br

Telefone: 21 3237-3947

Site: www.estacaodaseletras.com.br


SOBRE O INSTITUTO ESTAÇÃO DAS LETRAS

Após 21 anos como reduto da literatura nacional no Rio de Janeiro, no início de 2017, a Estação das Letras passou a ser Instituto Estação das Letras (IEL): um colegiado de alunos, professores e escritores com a finalidade de ampliar projetos que já existiram, entre eles Estação Pensamento & Arte, Rodas de Leitura e Caravana de Escritores, e investir em muitos outros através de apoio de leis federais, estaduais e municipais de incentivo à cultura.

A grade de aulas disponibiliza cursos regulares, que duram até quatro meses, oferecidos nas modalidades Introdução e Avançado, e cursos mais rápidos de um ou dois meses, workshops, ciclos de palestras, além de aulas rápidas aos sábados.

Mais Circuito de Feiras e Festivais de Literatura

Todas as notícias sobre "Circuito de Feiras e Festivais de Literatura"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

572.400.000

Livros lidos em 265 dias de 2018 no país

Publicidade