Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

21 de maio de 2018

José Morais: livros para crianças devem respeitar cada perfil

Galeno Amorim

Para o educador José Morais, pesquisador da Universidade de Bruxelas, na Bélgica, onde desenvolveu uma carreira acadêmica brilhante e ajudou varios países a organizarem suas bases curriculares da educação, a leitura de literatura tem um papel essencial na alfabetização das crianças. Mas adverte: livros são como remédio e devem ser ministrados de acordo com o paciente.
  
Há uma idade certa para alfabetizar?
R) Há países em que a alfabetização é iniciada aos cinco anos, enquanto em outros ela se dá aos seis anos. Não há uma idade certa. Mas o ideal é que haja uma inicialização precoce ao mundo das letras, para uma melhor adaptação. As crianças devem ser estimuladas e desafiadas desde cedo para aprender e progredir. Mas ela deve estar alfabetizada logo no primeiro ano do Ensino Fundamental.

Qual é a importância da leitura literária para a alfabetização?
R) É importante a leitura de textos que sejam ajustados e direcionados à criança de acordo com sua idade e conhecimento. Textos bem escritos e de fundo literário podem ser postos à disposição da criança, mas com a ressalva de que, enquanto ela não sabe ler, não há sentido algum trata-la como se ela pudesse ler aquilo. Entretanto, os próprios pais podem fazer esse tipo de leitura aos seus filhos. Já quando ela passa a ser capaz de ler de forma autônoma, é ideal, tanto para seu desenvolvimento quanto para o próprio conhecimento da língua, que tenha acesso à boa literatura.
O que seria um ambiente alfabetizador em casa?
R) Nem é preciso ter muito conhecimento científico para saber disso: é fundamental que exista uma espécie de triangulo entre criança, família e escola. Deve haver muita relação entre eles até para que haja colaboração e acompanhamento. A discussão e a  transmissão da informação são importantes para que a leitura da criança seja coordenada de forma adequada.
A leitura literária pode cumprir um papel importante no processo de alfabetização?
R) Com certeza que sim. Em toda escola, a criança deve ter acesso a uma biblioteca escolar e precisa haver uma harmonização baseada no estado de desenvolvimento da leitura de cada criança para, assim, introduzi-la, pouco a pouco, a acervos literários maiores e mais complexos.

Mais Entrevistas

Todas as notícias sobre "Entrevistas"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

302.400.000

Livros lidos em 140 dias de 2018 no país

Publicidade