Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

23 de setembro de 2018

Adiada em um semana a 34ª Feira do Livro de Brasília

Devido ao caos instaurado no país, nos últimos dias, que trouxeram dificuldades inesperadas aos organizadores,  a 34ª Feira Internacional de Dança de Brasília foi adiada em uma semana,  e agora será realizada de 8 a 17 de junho, no mesmo local, no Pátio Brasil Shopping, das 10h às 22h. Toda a programação, como sempre, aberta e gratuita e  com livre para todos os públicos.

O presidente da Câmara do Livro do Distrito Federal, Ivan Valério, revelou que vários livreiros disseram que não conseguiriam que os livros chegassem em Brasília em tempo por causa da falta de combustíveis e da dificuldade de locomoção.  “Fomos obrigados a fazer a mudança para garantir que o evento mantenha o brilho e não corra riscos desnecessários”, avaliou Valério.

O evento é realizado pela Câmara do Livro do DF, coordenado pelo Instituto Latinoamerica e apoiado pelo Ministério da Cultura (MinC), pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), pelo Sindicato Nacional de Editores de Livro(SNEL), pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e pelo Sindicato dos Escritores do DF (Sindescritores).  

Programação - “A programação dos dia 8, 9 e 10 será mantida. Nesse sentido, dentre outros, os autores  Maurício Almeida, Paulliny Gualberto Tort, Maria Valéria Rezende , Dad Squarisi, Henrique Rodrigues, Cristóvão Tezza e Pedro de Almeida já estão confirmados. Quanto aos outros dias, eles estão sendo recompostos de acordo com as agendas dos escritores e artistas convidados. O quanto antes será divulgada a nova programação”, afirma  o curador, Maurício Melo Júnior.

Fernanda de Oliveira, também da equipe de curadoria, disse que, da programação infantil,  já estão confirmados: Alessandra Roscoe, Ana Beatriz Brandão, Cristino Wapichana, Denise Batulevicius, Dinorá Couto Cançado, Helenice Gonçalves, Jô Oliveira, Jonas Ribeiro,  José Santos, Lázaro Ramos,, Lourenço Cazarré, Lucrécia Leite, Lucília Garcez, Marcelo Capucci, Márcia Nogueira, Marco Haurélio, Marcos Linhares, Maria Célia Madureira, Mirela Martorelli, Raquel Gonçalves Renato Machado, Sandra Bittencourt, , Shirlene Alvares,  Simão Miranda, Stella Maris Rezende, Tiago de Melo Andrade e Wellington Barros.

Internacional - Já o presidente do Instituto Latinoamerica, Atanagildo Brandolt, que acaba de retornar do Uruguai, confirma a participação dos escritores daquele país (homenageado este ano) na nova programação.

Lázaro Ramos e "Viagens da Caixa Mágica" - Para celebrar o lançamento de seu novo livro infantil, "Caderno Sem Rimas da Maria", Lázaro Ramos propõe uma nova maneira de interagir com o público infantil: um show com dez músicas, criadas a partir de seus livros. Acompanhado de Jarbas Bittencourt e de uma atriz cantora convidada, o espetáculo musical "Viagens da Caixa Mágica" tem duração de 45 minutos conta histórias que vão desde o uso responsável da tecnologia, passam pela conquista da autoestima e, também, pela busca por referências. Todos esses temas são permeados de reflexão e humor por meio das músicas. Essa programação será realizada no Palco Principal, no domingo (10/6).

Autor mais premiado de 2017 para cá - O escritor índigena, Cristino Wapichana  também estará na Feira no sábado (9/6), às 14h, no Auditório. O Prêmio Jabuti (2017), o Prêmio FNLIJ Ofélia Fontes – O Melhor Livro para Criança 2017 e o Prêmio "Peter Pan" Estrela de Prata (2* Lugar) na Suécia – 2018, foram algumas das premiações recebidas até agora por ele, com a obra infantil "A boca da noite".

Mais uma jovem autora que terá seus livros nas telas de cinema- 
 Com apenas 18 anos, a escritora Ana Beatriz Brandão também participará de atividade no evento, na sexta (8/6),às 19h, no Auditório, na mesa "Literatura infanto-juvenil: Uma Leitura de Transição. Com ela, os autores Stella Maris Rezende e Tiago de Melo Andrade. Duas obras dela ganharão adaptação para os cinemas. O longa-metragem, que já está em fase de pré-produção pela JCG Filmes, será baseado nos livros O garoto do cachecol vermelho e A garota das sapatilhas brancas, e apresentam a história de jovem portador de Esclerose Lateral Amiotrófica. Com muito fôlego, em junho, a jovem escritora lança o quinto livro "Sob a luz da escuridão".

O estande da floresta - O escritor e ambientalista Zezé Maku terá um estande na Feira onde exporá seus livros e conversará com os leitores. Ele foi escolhido como representante de Roraima no Mapa Literário Nacional publicado recentemente pela revista Superinteressante. José Miranda de Aquino, conhecido popularmente como Zezé Maku tem 60 anos e escreve há 18 para o público infantil, tendo oito livros publicados. Entre eles destacam-se “O reino de Makunaima e sua chefia da fauna” e “Amazônia e animais ameaçados de extinção”. O nome "Maku" faz uma referência ao ritmo makulelê e à lenda Makunaima. Nas obras o autor conta histórias de animais ameaçados de extinção e ensina através dessas histórias educação ambiental, tradições indígenas, lendas e mitos do nosso folclore, e como não poderia ser diferente, a cultura de Roraima. Maku fará um Sarau intitulado “Cerrado e águas Ameaçadas de Extinção”, que celebrará a Semana do Meio Ambiente, que ocorre dos dias 3 a 10 de junho. 

Homenagens -  Ana Maria Machado, Luci Watanabe e Milton Hatoum serão os escritores homenageados.  Também serão homenageados, a RIDE Entorno como  Região nacional e o Uruguai como comunidade internacional. TODOS RECEBERÃO O TROFÉU CASSIANO NUNES. 

Ana Maria Machado é considerada pela crítica como uma das mais versáteis e completas das escritoras brasileiras contemporâneas, a carioca Ana Maria Machado ocupa a cadeira numero 1 da Academia Brasileira de Letras, que presidiu de 2011 a 2013. São mais de 40 anos escrevendo, mais de cem livros publicados (dos quais 9 romances e 8 de ensaios), mais de vinte milhões de exemplares vendidos, publicados em vinte idiomas e 26 países. Foi uma das fundadoras, em 1980, da primeira livraria infantil no Brasil, a Malasartes (no Rio de Janeiro), que existe até hoje. Os livros infanto-juvenis dela são reconhecidos em todo o mundo. O reconhecimento mundial das obras de Ana Maria Machado aconteceu em 2000, quando recebeu o Prêmio Hans Christian Andersen, o mais importante prêmio de literatura infantil.

Os outros dois homenageados tem identificação profunda com o DF:  Luci Watanabe nasceu em Divinópolis (MG), em 1944. Há anos reside em Taguatinga (DF). Formada em Jornalismo, também estudou inglês, alemão e francês. Aprendeu a escrever com os maiores mestres da literatura de todos os tempos, lendo muito desde pequena. Escreve histórias para crianças e jovens. Com mais de vinte livros publicados, já vendeu muito mais de um milhão de exemplares pelo Brasil afora; e o premiado autor manauara, Milton Hatoum, que  viveu em Brasília entre 1967 e o início de 1969. Hatoum lançou recentemente o primeiro volume da trilogia "O lugar mais sombrio", que é ambientada em Brasília.

GOIÁS, ENTORNO DE BRASÍLIA - A região do Entorno de Brasília também terá um espaço nobre na programação da Feira. A curadora desses movimentos da Ride, Nilva Bello, de Olhos d’Água, Alexânia, informa que 18 municípios já confirmaram presença com grupos culturais especialmente voltados para a contação de histórias infantis e performances para os alunos das escolas públicas, além de caravanas do Entorno que frequentarão a Feira. "Já estamos cuidando dos ajustes para a nova data", observa Bello. 


Serviço: 
O quê: Adiada a 34ª Feira Internacional do Livro de Brasília

Quando será realizada: De 8 a 17 de fevereiro de 2018, das 10h às 22h

Onde: Pátio Brasil Shopping

Quem: Câmara do Livro do Distrito Federal e Instituto Latinoamérica 

Informações:  (61) 3033-6815 - email:  camaradolivrododf@gmail.com  - institutolatinoamerica@gmail.com   

Redes Sociais: Facebook- https://www.facebook.com/feiradolivrobrasilia/

 

Mais Circuito de Feiras e Festivais de Literatura

Todas as notícias sobre "Circuito de Feiras e Festivais de Literatura"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

572.400.000

Livros lidos em 265 dias de 2018 no país

Publicidade